Ainda que não seja começo…

Ainda é 07 de Janeiro, e já se fala em guerra, e alguém já pediu demissão, e sábado tem festa de aniversario, um poeta morreu, um bêbado chora na esquina, uma criança esta desaparecida, uma mulher foi agredida, um rapaz de dezoito anos sofreu um acidente, um avó de oitenta e dois dançou com sua neta na virada do ano emocionando toda a família 

Ainda é 07 de Janeiro, e as ruas estão alagadas, as professoras de férias, os dias quentes ah… que saudades da Bahia, mas ainda é 7 de Janeiro, alguém foi pedido em casamento, tenho dormido bem, estado em casa, novas músicas, novas versões de mim, topei com um título de livro inusitado e a estória é fantástica  

Ainda é 07 de Janeiro, mas a esperança de um carnaval alegre preenche vitrines de cores, purpurinas, fantasias, a cabeça já funciona em ritmo de alegria, mas ainda é 7 de Janeiro, e o Brasil que só começa o ano depois do carnaval. Pobre Brasil tão desgovernado  

Ainda é 07 de Janeiro, e tem uma porção de gente que já chegou cansada, insatisfeita, triste, querendo dar porrada, xingar, talvez falta de férias, talvez cansaço de tanta festa, talvez por ainda ser 07 de Janeiro, e meio que começamos no tranco, acompanhando redes sociais que nos dizem a cada post: aproveite o verão, vá para a praia 

Ainda é 07 de Janeiro e o presidente desse nosso pais declarou que os livros “tem muita coisa escrita”, ainda é 7 de Janeiro sinto saudades da primavera, sua partida completara um ano de saudade, sinto seu cheiro, vez ou outra fecho os olhos em busca do seu sorriso, o som dos seus passos pelo corredor, apenas um ano, e então é preciso respirar fundo uma, duas, três, quatro, cinco, seis, sete de Janeiro… 

Ainda é 7 de Janeiro e o musico sonha com a radio, com a musica, ainda é 7 de Janeiro e já temos possíveis candidatos, preciso fazer biometria, mas ainda é 7 de Janeiro, preciso terminar duas estórias, mas ainda é 7 de Janeiro, preciso encontrar teu colo, conhecer teu rosto, me esquecer no teu abraço, te pedir em casamento, conquistar teu amor, mas ainda é 7 de Janeiro 

Ainda é 7 de Janeiro, e   vamos ouvir que o tempo esta passando rapido, que a vida esta corrida, que alguém desencarnou, foi demitido, assassinado, um casamento, uma criança ira nascer, um divorcio, uma viagem, duas viagens, tres…  

Ainda é 7 de Janeiro, quase 8, ah meu São Jorge guerreiro o propósito é ter esperança ainda que não seja mais começo, ainda que não seja mais 07 de Janeiro 

 

D.S.L   

 

sete

Autor: ela...

Elaine. Ela. Helena. 17. Setembro. Há alguns anos atrás. Ascendente em peixes. Brasil. Santista de nascimento. Baiana de descendência. Mineira de coração e endereço. Muitas e de muitos tamanhos. Letras, palavras, frases. Nossa Senhora Aparecida. Família. Música. Sol. Brisa. Luar. Prefiro mar. Branco. Tenho uma irmã mais nova. Minha maior paixão tem mais de 100 anos. Abraço. Meu pensamento é hiperativo. Tenho os melhores amigos. Cometo ao menos um erro todos os dias. Converso com Deus. Já mudei de emprego três vezes, já mudei de vida outras varias. Por do sol. Não faço nada sem dois ingredientes: paixão e entusiasmo. Primavera. Beijo. Horizonte. Esperança. Cinema, quadros, composições. Já machuquei quem não merecia. Olhar. Exagerada e sensível. Carente. Bagunceira. Transparente. Meu primeiro livro publicado e grande orgulho: Quando Florescem as Orquídeas. Tenho um blog e uma coluna semanal em um jornal do interior. No mais sou abençoada. Sei dizer apenas que tudo passa!E que eu sou bem feliz! D.S.L

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s