Para ser melhor é preciso ser bom!

Sedentos por novos dias, ventos amenos de alegria, amor, brisa de mar, arzinho de cachoeira, a melodia da agua ao encontro das pedras, dias melhores.

Vista branco, verde, amarelo, vermelho, preto, tome banhos,  ofereça rosas, pule sete ondas, coma romã, guarde folha de louro na carteira, mentalize, busque, ore, faça uma prece, uma mandinga, reze, benze, peça, alimente de alguma forma a fome por boas novas.

Abrace! Abrace! Abrace!

Agradeça!

365 novos dias, mas não esqueçam: nos só temos o hoje, o agora. Nada será melhor antes de você ser bom!

Seja bom, do bem, vestir-se de paz, alegria, compreensão, amor é a melhor maneira de começar, ou recomeçar.

Reflita, repense, equilibre, harmonize

Foi um ano absurdamente difícil, mas e você? Mas e você? Foi uma pessoa fácil? Melhor?

Comece por você!

Seja forte, corajoso, resiliente. Acredite no seu potencial sem perder a humildade.

Festeje, brinde, mas saiba silenciar. Você não é um corpo vazio no mundo, alimente dentro: fé, amor!

Fé, amor!

A esperança é um vento que poucos verdadeiramente se permitem ouvir, seja absurdamente otimista.

O amor é dependente da fé, e fé com ausência de amor é feito terra sem semeadura

Um conselho verdadeiro e precioso para o ano novo?

Viva o hoje! Viva!

Feliz 2020, lhes desejo amor e muita fé! Axé!

Deus Seja Louvado

vida-de-cao

 

Autor: ela...

Elaine. Ela. Helena. 17. Setembro. Há alguns anos atrás. Ascendente em peixes. Brasil. Santista de nascimento. Baiana de descendência. Mineira de coração e endereço. Muitas e de muitos tamanhos. Letras, palavras, frases. Nossa Senhora Aparecida. Família. Música. Sol. Brisa. Luar. Prefiro mar. Branco. Tenho uma irmã mais nova. Minha maior paixão tem mais de 100 anos. Abraço. Meu pensamento é hiperativo. Tenho os melhores amigos. Cometo ao menos um erro todos os dias. Converso com Deus. Já mudei de emprego três vezes, já mudei de vida outras varias. Por do sol. Não faço nada sem dois ingredientes: paixão e entusiasmo. Primavera. Beijo. Horizonte. Esperança. Cinema, quadros, composições. Já machuquei quem não merecia. Olhar. Exagerada e sensível. Carente. Bagunceira. Transparente. Meu primeiro livro publicado e grande orgulho: Quando Florescem as Orquídeas. Tenho um blog e uma coluna semanal em um jornal do interior. No mais sou abençoada. Sei dizer apenas que tudo passa!E que eu sou bem feliz! D.S.L

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s