Sobre guarda chuvas

Peço licença poética a meu grande amigo para dizer que chovera todos os dias, e haverá dias que estarei protegida por meu guarda chuvas, noutros o mesmo estará torto, quebrado, furado e então a chuva molhara parte do meu corpo, a agua recorrente respingara meus sapatos, minhas roupas; meus pés ficarão úmidos e incômodos durante todo o dia; haverá dias em que alguém me emprestara um guarda chuvas novo; noutros não haverá guarda chuvas, serei tomada de assalto pelo vento, pela inércia, pois as vezes é preciso lavar a alma.

Chovera todos os dias, em alguns estarei ou serei protegida, em outros acompanhada, e nos mais cruéis sozinha, desamparada e tremendo de frio, a espera da noite e de um banho quente que me aconchegue a alma em um abraço que amenize a sua falta, serão esses os dias em que minha fé, a nossa força, a tua força me farão escudo.

Chovera todos os dias, e essa chuva tem um só nome: saudade!

Não posso me entristecer, seria ingratidão e egoísmo de minha parte pedir aos céus mais de ti, mais da tua vida, seria insanidade de meu coração prender-te com meu amor em sofrimento e dor. Não. Suporto tua partida, entendo teu cansaço, mas não admitiria viver teu sofrimento, você era feita de generosidades incalculáveis e não seria essa a postura que sua garotinha teria frente a nossa historia tão grandiosa de amor, aprendizado, alegria e encanto.

Vá em paz minha rainha, segue iluminada e iluminando grande amor meu, pois estou pronta, madura, mulher, mas ainda assim vez ou outra volta em meus sonhos, faz-me só tua novamente e me acalenta em teu colo de mãe com mel, em teu semblante de avó de conto de fadas, deixa-me em sonho sentir novamente o perfume de canela e açúcar dos teus encantados e doces bolinhos de chuva, deixa pela manhã, após esse sonho, meu quarto perfumado com teu cheiro de lavanda.

Você me ensinou tudo, a melhor versão de todas as coisas que me encantam conheci através dos teus olhos fantásticos, imaginativos, sábios, profundos de sabedoria e brilho. As primeiras palavras, os primeiros passos, as cantigas antigas, as historias fantásticas, a proteção, o cuidado, o bem querer, o amor universal por tudo, a gratidão.

Deu-me noção de que milagres eram possíveis e reais (a tua vida, a tua historia é um deles), fez de Nosso Senhor um ser intimo, amigo e quase palpável de tamanha fé, deu-me os primeiros ensinamentos do divino, do que apenas podemos sentir, do que devemos respeitar, do quão verdadeiro devemos ser.

Quero que tenhas a noção do quão grata sou a Deus por ter você, teu sangue, teu amor, o livro mais bonito de minha vida conta a nossa historia.

Incontáveis são as vezes que tuas mãos me salvaram da dor, as mesmas mãos que amavam a terra e me ensinaram a acaricia-la, a falar com os bichos, com as flores, a perder-se admirando encantada a lua, a não temer relâmpagos e trovões, pois as tempestades eram festas no céu, o manifesto da alegria de Jesus.

Segue teu caminho minha Irene, descansa, realiza teu sonho de beijar os pés do Cristo em amor e devoção, vivencia a proximidade do trono Dele, encanta teus olhos com o manto protetor de Nossa Senhora a qual me apresentaste como advogada dos pecadores. Vai Irene! Caminha por campos floridos de cores, corre novamente, brinca com as tuas crianças que certamente te receberam em festa e luz. Vai minha avó tão amada; ainda que a saudade seja gigantesca por toda a minha vida quero saibas que estarei a te amar, vai minha avó, e prepara a minha ultima morada pois é na tua casa que hei de ficar e te amar em uma realidade possível de eternidade, luz e paz. Não termina aqui!

“… A espera de viver ao lado teu
Por toda a minha vida…” (Tom Jobim)

D.S.L

IRENE

 

 

 

Anúncios

Autor: ela...

Elaine. Ela. Helena. 17. Setembro. Há alguns anos atrás. Ascendente em peixes. Brasil. Santista de nascimento. Baiana de descendência. Mineira de coração e endereço. Muitas e de muitos tamanhos. Letras, palavras, frases. Nossa Senhora Aparecida. Família. Música. Sol. Brisa. Luar. Prefiro mar. Branco. Tenho uma irmã mais nova. Minha maior paixão tem mais de 100 anos. Abraço. Meu pensamento é hiperativo. Tenho os melhores amigos. Cometo ao menos um erro todos os dias. Converso com Deus. Já mudei de emprego três vezes, já mudei de vida outras varias. Por do sol. Não faço nada sem dois ingredientes: paixão e entusiasmo. Primavera. Beijo. Horizonte. Esperança. Cinema, quadros, composições. Já machuquei quem não merecia. Olhar. Exagerada e sensível. Carente. Bagunceira. Transparente. Meu primeiro livro publicado e grande orgulho: Quando Florescem as Orquídeas. Tenho um blog e uma coluna semanal em um jornal do interior. No mais sou abençoada. Sei dizer apenas que tudo passa!E que eu sou bem feliz! D.S.L

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s