O senhor das frases inacabadas

O seu coração nunca ira parar, não há silencio em minha saudade!

Queria te dizer que meus cabelos estão ficando brancos, e imagine só: não vou lutar de maneira alguma contra a natureza.

“Não se preocupe tanto! O que você tiver que “ser” nessa vida será”

“Sempre compre assento no meio do ônibus, do lado do motorista, caso aconteça um acidente as chances de se machucar são menores”

“Dirija em uma velocidade media de 80 km, qualquer imprevisto você consegue controlar melhor o carro”

“Seus textos são muito grandes, sei que são bonitos, mas não consigo ler”

“Inteligente igual a mim”

“Não consegui assistir sua apresentação de poesia porque sinto muito orgulho e não sei o que fazer nessas horas, nem o que te dizer”

“Não esquece do pai”

Ao longo dos anos essas foram algumas das coisas que ouvi de você, sempre temeroso, meio sem saber o que fazer com uma menina; Não era isso, não era o que você esperava, um menino seria tão mais simples: futebol, cuecas, carrinhos, mulheres – muitas se possível-  nenhum romantismo, sem histórias de amor, sem tocar sentimentos profundos;

Mas…  Fui uma criança muito menina: bonecas, choros desenfreados, mimos, sempre buscando um colo, sem nenhuma simpatia por esportes – ainda mais futebol – dirigir? Ah isso nunca foi para mim, mas ainda assim aprendi com você!

Um turbilhão de sentimentos, profundidades. Você me olhava assustado, podia ler seus pensamentos: ou é lunática, ou é doida, de onde vem tanta inovação e criatividade para sonhar?

Feminista, louca por livros e músicas, desconstruindo todas as suas certezas com uma frase, as vezes com um olhar. Insegura, mas forte, cautelosa, mas corajosa, fiel, argumentativa, sonhadora, romântica. Uma espécie tão estranha e nascida de uma parte de mim, como isso pode ser?

O que faço com você, como nos entenderemos se os meus pés chegam apenas a beira do lago, e você já esta tão no meio do oceano, buscando descobrir. Que gana é essa de ir, de não temer se machucar, de tirar o véu e mostrar o rosto nu, sem maquilagem, sem falsas promessas? Só a verdade. Porque você não mente um pouco e me deixa mais tranquilo?

Eu lhe disse tudo: aos gritos, aos prantos, em meio a sorrisos encantados pelos seus olhos, em silencio, sempre te disse tudo, ainda que em palavras incompreensíveis, sempre te disse tudo, sempre, sempre, sempre e para sempre, e agora meus cabelos estão ficando brancos…

D.S.L

IMG_20180925_124611379

 

Autor: ela...

Elaine. Ela. Helena. 17. Setembro. Há alguns anos atrás. Ascendente em peixes. Brasil. Santista de nascimento. Baiana de descendência. Mineira de coração e endereço. Muitas e de muitos tamanhos. Letras, palavras, frases. Nossa Senhora Aparecida. Família. Música. Sol. Brisa. Luar. Prefiro mar. Branco. Tenho uma irmã mais nova. Minha maior paixão tem mais de 100 anos. Abraço. Meu pensamento é hiperativo. Tenho os melhores amigos. Cometo ao menos um erro todos os dias. Converso com Deus. Já mudei de emprego três vezes, já mudei de vida outras varias. Por do sol. Não faço nada sem dois ingredientes: paixão e entusiasmo. Primavera. Beijo. Horizonte. Esperança. Cinema, quadros, composições. Já machuquei quem não merecia. Olhar. Exagerada e sensível. Carente. Bagunceira. Transparente. Meu primeiro livro publicado e grande orgulho: Quando Florescem as Orquídeas. Tenho um blog e uma coluna semanal em um jornal do interior. No mais sou abençoada. Sei dizer apenas que tudo passa!E que eu sou bem feliz! D.S.L

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s