Apague as luzes!

Havia esquecido que para observar melhor as estrelas, basta apagar as luzes.

Esqueci de como o silencio é importante e do quanto nossos ouvidos são feridos diariamente por essa corrida louca em busca de dinheiro, e conquistas, realizações. Deixei de lembrar da necessidade de se convidar para observar algo maior. Engraçado pensar no quanto nos submetemos, no quanto deixamos de ser para ter, no quanto o pouco é tanto, sei bem: parece papo de maluco, e é; mas ultimamente vejo enlouquecer quem tem os pés fincados no asfalto, enlatado em um carro parado no congestionamento infernal de uma cidade grande, sufocado pelo frio de um ar condicionado em uma sala branca e cheia de papeis com letras miúdas que lhe aprisionam as horas e pouco a pouco lhe consomem a alma. Maluco é quem não consegue mais enxergar o quanto o dia é bonito!

Quando foi mesmo a ultima vez que você correu feito criança boba em direção ao mar?

O que tem lhe feito acordar? Um sorriso ao lado, ou o despertador frio e calculista que vem lhe submetendo ano após ano a se dedicar ao que parece não fazer mais sentido. (Fiz minha escolha: é o teu sorriso que quero a meu lado todos os dias, ainda que eu esteja carregando uma saudade nítida, avassaladora, e sem postura que a todo instante contesta: porque você ainda não esta aqui?)

O silencio que cala os ouvidos deixando a alma gritar e falar em uma espécie de monologo que a tudo nos faz entender: aceitar a si mesmo, vasculhar as lacunas dos sentidos que por medo não queremos ajustar, enquanto parecemos correr cada vez mais para resolver problemas alheios, preocupe-se menos!

Quantas vezes nos últimos anos você se permitiu sonhar? Aquela viagem que deixou de fazer pra trocar de carro, aquele jantar no seu restaurante preferido para comprar um telefone novo, as boas horas com amigos para recuperar o sono mal dormido em prol de preocupações que aniquilam os dias da semana. Quantas vezes você tem repetido que esta cansado, e quanto tempo mais deixara a vida a sua espera?

Pisar na areia fazendo carinho nos pés, os olhos adoecidos de beleza, a alma livre, tudo sendo possível, a luz que naufraga e aquece o coração indicando que o tempo de espera acabou, prepare-se para mudar: novas energias, sensações, o contato incrédulo com o que não parece real, a divindade ao alcance das mãos, dos pés, da pele; a sabedoria de ouvir os pássaros, encantar-se por eles, querer voar, o universo determinado aos berros: calma, vai dar tudo certo!

Á quanto tempo você não conhece alguém completamente satisfeito, feliz, e repleto de sonhos calmos que se vão realizando aos poucos, sem culpa, sem perder a candura do coração, á quanto tempo você não sai do automático, á quanto tempo você não sonha?

Encontre o que verdadeiramente te faz feliz e não se esqueça: encontrar é sorte de poucos!

D.S.L

apague

Anúncios

Autor: ela...

Elaine. Ela. Helena. 17. Setembro. Há alguns anos atrás. Ascendente em peixes. Brasil. Santista de nascimento. Baiana de descendência. Mineira de coração e endereço. Muitas e de muitos tamanhos. Letras, palavras, frases. Nossa Senhora Aparecida. Família. Música. Sol. Brisa. Luar. Prefiro mar. Branco. Tenho uma irmã mais nova. Minha maior paixão tem mais de 100 anos. Abraço. Meu pensamento é hiperativo. Tenho os melhores amigos. Cometo ao menos um erro todos os dias. Converso com Deus. Já mudei de emprego três vezes, já mudei de vida outras varias. Por do sol. Não faço nada sem dois ingredientes: paixão e entusiasmo. Primavera. Beijo. Horizonte. Esperança. Cinema, quadros, composições. Já machuquei quem não merecia. Olhar. Exagerada e sensível. Carente. Bagunceira. Transparente. Meu primeiro livro publicado e grande orgulho: Quando Florescem as Orquídeas. Tenho um blog e uma coluna semanal em um jornal do interior. No mais sou abençoada. Sei dizer apenas que tudo passa!E que eu sou bem feliz! D.S.L

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s