Nos de tempo

Uma pagina em branco, novos dias, um ano novo… Corrigindo um feliz ano novo.

Não quero falar sobre as coisas passadas, findas e imutáveis, mas sim sobre essa felicidade que nos é dada a cada fim de ano como uma centelha divina que nos leva a querer começar de novo, do novo e para o novo.

Difícil falar sobre o que esta por vir, é como ter algo coberto por um tecido muito delicado e bonito que pode esconder grandes vitorias, decepções, felicidades, tudo esta oculto aos nossos olhos, e cá pra nos esse é o grande barato, assim fica bem mais facil acreditar que tudo pode acontecer, tudo de bom é claro, fica mais fácil rasgar o peito de esperança, sentir a fé a ponto de fazer os olhos lacrimejarem, mas o que podemos ter de inicio é a decisão de fazer diferente, ou ao menos tentar.

A vida não esta fácil para ninguém, são muitas porradas para poucos afagos, mas ela nos acarinha todos os dias, basta querer saber e enxergar, e para isso nobres amigos contemos somente com a visão de que tudo tem seu lado bom, e mesmo quando não conseguimos o enxergar em um primeiro momento esse lado, que sejamos capazes de acreditar, de ter em nos aquele otimismo imensurável e tantas vezes insensato de que pode dar certo. Se remarmos com força podemos sim vencer a correnteza, sair de onde não queremos estar, abandonando o choro naufrago de toda tristeza e conquistar o sorriso de quem é acabara de ser resgatado.

Caso me fosse concedida a dádiva de aconselhar esse ano novo, eu diria a ele que seja feliz, ou melhor, o aconselharia a ser o melhor ano da vida de todos, talvez ele me respondesse cabreiro que isso é impossível, afinal somos muitos nesse planeta que apesar de grande é só uma ilha, mas não importa, é só um conselho, portanto continuarei a dizer: seja inesquecível ano novo, e assim com a minha insistência quem sabe ele pare para ouvir meus conselhos:

Chega dessa coisa de fome, e injustiça. Acabe de uma vez por todas com o sofrer das crianças abusadas, exploradas, maltratadas, subnutridas, sem infância, sem sonho. Não é legal bicho maltratado. É feio e triste idoso desrespeitado no abandono ou perante a lei. Chega de certidão de nascimento sem nome de pai. País em guerra por religião, poder, ou ódio pelo ódio.

Pare de uma vez por todas de dar poder a quem não tem caráter, princípios e responsabilidade para com a confiança da nação que a esta governando, esse tipo de gente não é feliz, não vale a pena, não quer o bem. Pare de uma vez por todas de lustrar o mal, a “coisa” anda tão seria que muitas vezes chegamos a acreditar que somente corações ruins vencem por terem voz e fazer mudar as situações a seu próprio favor.

Que você se canse de ver tantos corações querendo amar sem ter amor. Ora essa senhor ano novo: coloque o cupido para trabalhar. Basta de solidão! Aconselhe-se com um amigo meu chamado Tom que diz “fundamental é mesmo o amor é impossível ser feliz sozinho”. Pare a ouvir os corações, muitos deles clamam por encontrar a pessoa certa, um certo alguém, afinal a solidão tem seu charme, seu tempo, mas quando a queremos dividir é porque sonhamos em amar.

Encerre de uma vez por todas com qualquer tipo de preconceito. Declare: somos todos gente! Decrete o respeito e o direito a se viver em paz, cada um a seu modo. Chega de crimes motivados pelo ódio, esta na hora de acabar com essa violência sem sentido e gratuita.

Invada os corações com uma porção exagerada do bem, da paz. Dê prosperidade a quem muito sonha, realize um sonho de cada pessoa, um só, aquele esperado, faça aquilo que seus outros colegas não realizaram, torne-se inesquecível, único.

Seja breve no inverno, a vida caminha melhor a luz do sol. Seja generoso e cuidadoso com a beleza da primavera. Cubra os parques, florestas a vida com as folhas bailarinas do outono. Nos de mais tempo senhor ano novo no verão para que possamos caminhar por novas praias, brincar com as águas de cachoeiras, nos de tempo e alegria para nos divertirmos em um banho de mangueira.

Nos de tempo senhor ano novo, tempos de paz, sabedoria, prosperidade, crescimento, tempo para saber das coisas simples da vida que verdadeiramente nos torna únicos e felizes.

Nos de tempo!

D.S.L

Anúncios

Autor: ela...

Elaine. Ela. Helena. 17. Setembro. Há alguns anos atrás. Ascendente em peixes. Brasil. Santista de nascimento. Baiana de descendência. Mineira de coração e endereço. Muitas e de muitos tamanhos. Letras, palavras, frases. Nossa Senhora Aparecida. Família. Música. Sol. Brisa. Luar. Prefiro mar. Branco. Tenho uma irmã mais nova. Minha maior paixão tem mais de 100 anos. Abraço. Meu pensamento é hiperativo. Tenho os melhores amigos. Cometo ao menos um erro todos os dias. Converso com Deus. Já mudei de emprego três vezes, já mudei de vida outras varias. Por do sol. Não faço nada sem dois ingredientes: paixão e entusiasmo. Primavera. Beijo. Horizonte. Esperança. Cinema, quadros, composições. Já machuquei quem não merecia. Olhar. Exagerada e sensível. Carente. Bagunceira. Transparente. Meu primeiro livro publicado e grande orgulho: Quando Florescem as Orquídeas. Tenho um blog e uma coluna semanal em um jornal do interior. No mais sou abençoada. Sei dizer apenas que tudo passa!E que eu sou bem feliz! D.S.L

Uma consideração sobre “Nos de tempo”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s