Eu fico por aqui…

Nesse momento a chuva começou a cair, não chovia a mais de um mês, fazendo com que o tempo ficasse cada dia mais seco e áspero, essa falta de chuva parece aumentar o cansaço, fazendo com que a fadiga do dia a dia se multiplique. Desde muito cedo sempre gostei do cheiro da chuva molhando a terra, sensação que agrada muita gente, afinal o perfume exalado é quase um carinho aos sentidos.

Somos investigadores da vida e do mundo, sempre a procura de algo distante que nos instigue a viver mais um dia, e nos deixamos esquecer dessas particularidades que a terra pertence, e são tantas coisas boas que são tão nossas, mas teimamos viver em nossos planetas reduzidos a tão pouco que mal nos damos conta do quão maravilhoso é tudo que nos cerca.

Outro dia li uma reportagem sobre uma organização não governamental holandesa que esta recrutando seres humanos para uma viagem aparentemente sem volta para Marte, parece filme de ficção, ou um acontecimento muito distante, mas não é, a viagem já tem data marcada setembro de 2023, e o numero de inscritos vêem crescendo mesmo cientes de que talvez seja uma viagem sem volta.

Essa com toda certeza é uma das barreiras mais sonhadas pelos seres viventes da terra: habitar outro planeta.

Não duvido da existência de vida em outras galáxias, não retiro minha curiosidade em dar um “role” pelos anéis de Saturno, conhecer o planeta amor Venus, passar férias em Jupter, conhecer uns escritores “Neptunianos”, ou quem sabe ir a um musical em Urano, mas arriscar nunca mais voltar a terra é um ato de muita coragem, o qual não me disponho a enfrentar.

Pergunte o quanto você perderia em cada decisão e seu coração lhe dará a resposta do que fazer.

Tudo bem, em Marte pode ser tudo muito diferente, seres evoluídos, distantes de qualquer espécie de corrupção, ou sentimentos pequenos como o preconceito, violência, inveja, maldade, e assim por dizer os habitantes de Marte seriam sim extraterrestres, pois não seriam humanos, e talvez por não serem humanos lhe faltem o que é peculiar a nós: humanidade.

Ser humano é estar cercado por um labirinto de fraquezas, sonhos, desejos, esperanças, e de sentimentos únicos como saudade, solidariedade, carinho, respeito. Ser humano é um aprendizado interminável para se tornar cada vez melhor.

E se em Marte não existir vida? Existe abraço em Marte? Eles conhecem a amizade, será que seres evoluídos precisam uns dos outros, como nos precisamos de amigos? Em Marte alguém choraria escutando Chico Buarque, ou se sentiria especial desdobrando uma letra de Caetano. Ah… Um fim de tarde lendo Vinicius, ou quem sabe uma caminhada pelo mar embalado pela voz de Marisa Monte. Em Marte se comemora aniversario, ou todos tem apenas data de fabricação? Existe cachorros em Marte, gatos, passarinhos? Chuva molhando a terra tenho quase certeza que não existe, acho que céu azul também não tem… Eles fazem amor em Marte? Existem orquídeas, ipês, rosas em Marte?  Eles se casam? Ajudam uns aos outros, ou eles exterminam quem precisa de ajuda, por considerarem não ajustados?

Não sei o que existe em Marte, e talvez esse pessoal que esta de “malas” prontas para um futuro bem próximo em 2023 não retornem para nos contar das aventuras que irão viver, o que se sabe é que eles estarão deixando a terra em busca de outra existência, enquanto aqui tantas delas clamam por uma chance para viver.

Marte pode ser bem melhor em vários aspectos, mas a terra humanamente me é fundamental, ainda não a desbravei como desejo, mas tudo que conheço é incrivelmente amado e perfeito, tudo o que me cerca é de uma necessidade sem fim.

Aqui na terra tenho a certeza dos pés a cruzarem uma caminhada sem pressa pela beira do mar, o ar as vezes seco, noutras perfumado pela chuva, o céu de um azul pintado por seres celestiais, a certeza da esperança, e de consolo a ilusão o abraço de algum coração tão humano quanto o meu, aqui conheço a lei da vida e o sonho de que tudo pode ser possível. Sei que aqui tem musica, cores, tem pipa, letras, sol, luar, tem circo, e risada, e gente muito do bem, sei que existe vida e que nessa vida tem todos vocês e você.

D.S.L

*Foto astronauta  André Kuipers

Anúncios

Autor: ela...

Elaine. Ela. Helena. 17. Setembro. Há alguns anos atrás. Ascendente em peixes. Brasil. Santista de nascimento. Baiana de descendência. Mineira de coração e endereço. Muitas e de muitos tamanhos. Letras, palavras, frases. Nossa Senhora Aparecida. Família. Música. Sol. Brisa. Luar. Prefiro mar. Branco. Tenho uma irmã mais nova. Minha maior paixão tem mais de 100 anos. Abraço. Meu pensamento é hiperativo. Tenho os melhores amigos. Cometo ao menos um erro todos os dias. Converso com Deus. Já mudei de emprego três vezes, já mudei de vida outras varias. Por do sol. Não faço nada sem dois ingredientes: paixão e entusiasmo. Primavera. Beijo. Horizonte. Esperança. Cinema, quadros, composições. Já machuquei quem não merecia. Olhar. Exagerada e sensível. Carente. Bagunceira. Transparente. Meu primeiro livro publicado e grande orgulho: Quando Florescem as Orquídeas. Tenho um blog e uma coluna semanal em um jornal do interior. No mais sou abençoada. Sei dizer apenas que tudo passa!E que eu sou bem feliz! D.S.L

Uma consideração sobre “Eu fico por aqui…”

  1. Prezada D.S.L.,

    Excelente a crônica.
    Também li sobre a estudante de 21 anos que se inscreveu no projeto de ida sem volta a Marte e confesso que também não teria essa coragem, de querer povoar outro planeta, já que tenho tanto o que viver e fazer por aqui e até consigo fazer essas viagens na criação.
    Adoro o perfume que exala o mato molhado pela chuva, o brilho do sol refletido no mar, ouvir o canto dos pássaros nas manhãs de verão, ver o colorido das flores que brotam na primavera, adoro o clima de outono, propício a um bom livro e uma taça de vinho… Enfim meu espírito é por demais livre para sair da Terra e ir viver em uma redoma em Marte.
    Um brinde à vida e à liberdade! (Nan Soares 15/8/13)

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s