O rei e a plebéia

Ele ainda tem cara de joelho, e assim como a maioria dos recém nascidos, não aprendeu a falar, mas chegou com uma fome, e uma inquietação enorme de pensamentos, que quase não o deixa entregue ao sono.

A gente sabe como começa, imagina como será e não consegue prever como termina.

É isso todo inicio de ano.

Dessa vez o esperei pacientemente, confesso que temerosa, pois tudo foi tão bom.

Naquele momento de mais um inicio de novo ciclo ele percorreu meus olhos, deixando tão somente uma lagrima de felicidade mesclada a dever cumprido, despedindo-se num aceno comum a qualquer passado. Poderia dizer que ele parecia um sonho, mas foi real, por isso o medo de que nada o supere, mas não é assim, a vida sempre se encarrega disso, e consegue se superar, ou ainda nos fazer acreditar por um instante que tudo valeu a pena e esta no lugar certo.

Estou ansiosa para que comece a falar, sei que será complicado de imediato, pois posso não compreendê-lo, em vários momentos existira horas de silencio em que sozinha irei me perguntar se sou aquilo que ele precisa, tudo o que não quero é decepcioná-lo.

Tenho medo que me falte recursos para alimentá-lo, realizar seus sonhos, cumprir suas promessas, mima-lo quem sabe, afinal de contas ele merece, é herdeiro do príncipe primeiro de todos os sonhos, marcado pelo brilho de uma estrela de cinco pontas, tornando-se assim digno de meu zelo, respeito, atenção e amor.

Ao anoitecer antes de dormir, observamo-nos um ao outro, calados, ele segura minha mão com seus dedos pequenos, parecendo procurar refugio, olha-me com uma profunda paz, e juro: o vejo esboçar um sorriso, não sabes a grandiosidade que esse gesto trás a minha alma, tudo se amplia, e assim se agiganta e perde-se na falta de tamanho para sonhar.

Quero vivê-lo em festa. Sonho para nós momentos felizes e moleques: cachoeira, bicicleta, musica, estrada, pretendo estar assim com ele até a chegada do outono, quando então precisarei ensiná-lo a plantar ou a colher,não sei ainda ao certo o que esta por vir, e quais flores enfeitarão os jardins, qual melodia iremos aprender e apreciar juntos, sei dizer que ainda quando a pouco sentia seus dedos segurarem firme minha mão selamos um pacto de que independente de qualquer luta estaríamos juntos, munidos de esperança, fé e força.

O tempo passara rápido, e quando menos esperar ele surgira a porta convidando-me para sair de encontro a algum momento inesquecível, caracterizado pelas barbas do tempo que lhe trarão sabedoria, serás tu a me guiar, e em nossa ultima noite, naquela em que novamente o verei partir para nascer outra vez, relembraremos através de uma troca de olhares nossas historias, e assim valsarei feliz em seus braços como a plebeia cortejada pelo rei.

D.S.L

Anúncios

Autor: ela...

Elaine. Ela. Helena. 17. Setembro. Há alguns anos atrás. Ascendente em peixes. Brasil. Santista de nascimento. Baiana de descendência. Mineira de coração e endereço. Muitas e de muitos tamanhos. Letras, palavras, frases. Nossa Senhora Aparecida. Família. Música. Sol. Brisa. Luar. Prefiro mar. Branco. Tenho uma irmã mais nova. Minha maior paixão tem mais de 100 anos. Abraço. Meu pensamento é hiperativo. Tenho os melhores amigos. Cometo ao menos um erro todos os dias. Converso com Deus. Já mudei de emprego três vezes, já mudei de vida outras varias. Por do sol. Não faço nada sem dois ingredientes: paixão e entusiasmo. Primavera. Beijo. Horizonte. Esperança. Cinema, quadros, composições. Já machuquei quem não merecia. Olhar. Exagerada e sensível. Carente. Bagunceira. Transparente. Meu primeiro livro publicado e grande orgulho: Quando Florescem as Orquídeas. Tenho um blog e uma coluna semanal em um jornal do interior. No mais sou abençoada. Sei dizer apenas que tudo passa!E que eu sou bem feliz! D.S.L

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s