Todos preparados?

Vou limpando os restos de confetes que ainda estavam presos nas roupas, lavando os sapatos que ficaram ainda mais gastos depois de tanto remelexo.

Hoje é dia de aconchego, de coberta estirada no sofá da sala, de televisão que hora é desligada por um cochilo; hoje é dia de ficar em paz, de apuração, é dia de descansar o espírito, o corpo, a mente, dia que não se resolve nada, que não se quer nada, além de relembrar com gosto de saudade o quanto foliar é bom.

É hora de guardar a fantasia, sem é claro recolher a alegria, sem deixar que o coração desacelere desse ritmo bom, é hora de recolher a escola no barracão, de alertar o Pierrot para que pense direito, que largue esse amor cheio de defeitos, pois a Colombina é toda de seu Arlequim;

Ainda sobrou serpentina, tem nariz de palhaço espalhado por ai, tem coração partido, tem amor de carnaval não daqueles que parecem passar, mas sim daqueles que vieram para ficar.

A lembrança do beijo, a lembrança da praia, a serra que acolheu de paz um folião não tão mais folião;

Ainda hoje antes das seis da tarde, avistei do alto de minha sacada um “bamba” solitário carregando seu instrumento de surdo, agora tão mudo, tão sem coragem de ser tocado, pois ele parece saber que os Deuses do carnaval acabaram por adormecer ao meio dia dessa quarta-feira de cinzas, chuvosa e chorosa. O tempo parece querer lavar com uma espécie de choro, junto a esse folião o termino dessa ilusão de que ninguém é triste no carnaval, essa quase obrigação de ser feliz, esse contagio que arrepia o corpo com o tocar da bateria, essa festa de alegria, de devassidão, essa explosão embriagada de que esses são os quatro dias que tudo pode, que tudo é permitido, que nada é pecado.

A vida, o ano, não começara nesses próximos dias, ainda veremos muito do que restou desse mais um ano de folia ate a segunda feira chegar, e com ela o enfim inicio do ano, o qual espero ser glorioso, vitorioso, feliz, alegre e repleto dessa mesma euforia de vida.

Portanto acima de qualquer coisa desejo que vocês estejam preparados para serem felizes!

D.S.L

Anúncios

Autor: ela...

Elaine. Ela. Helena. 17. Setembro. Há alguns anos atrás. Ascendente em peixes. Brasil. Santista de nascimento. Baiana de descendência. Mineira de coração e endereço. Muitas e de muitos tamanhos. Letras, palavras, frases. Nossa Senhora Aparecida. Família. Música. Sol. Brisa. Luar. Prefiro mar. Branco. Tenho uma irmã mais nova. Minha maior paixão tem mais de 100 anos. Abraço. Meu pensamento é hiperativo. Tenho os melhores amigos. Cometo ao menos um erro todos os dias. Converso com Deus. Já mudei de emprego três vezes, já mudei de vida outras varias. Por do sol. Não faço nada sem dois ingredientes: paixão e entusiasmo. Primavera. Beijo. Horizonte. Esperança. Cinema, quadros, composições. Já machuquei quem não merecia. Olhar. Exagerada e sensível. Carente. Bagunceira. Transparente. Meu primeiro livro publicado e grande orgulho: Quando Florescem as Orquídeas. Tenho um blog e uma coluna semanal em um jornal do interior. No mais sou abençoada. Sei dizer apenas que tudo passa!E que eu sou bem feliz! D.S.L

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s