Dois seres que somados ao amor transformam-se em um!

Amor!

Quatro letras, duas vogais, um fonema vocálico oral, duas consoantes.

Do latim amore, do italiano passione, do alemão liebe, do indonésio cinta.

Antônimo de ódio, sinônimo de adorar; apreciar; prezar.

Ah! Se fosse assim tão simples e passível de definições tão obvias e exatas, com toda certeza haveria mais proteção aos corações. As pessoas estariam menos desgovernadas, mais sábias, sem o acumulo de tantas e tantas cicatrizes no peito, sem ataques de fúria motivados por solidão, sem confundi-lo com vingança, imposição, pecado.

Seria fácil compreende-lo, administra-lo, enfim, funcionaria como uma grande empresa a qual movimentaria riquezas valiosíssimas provenientes da vida de duas pessoas, mas de que forma administrar o amor, já que as partes envolvidas não ocupariam somente o cargo de sócios, tendo que ser parceiros, companheiros, amantes, amigos, enfim amores.

Se simples assim, como num calculo matemático: um ser, mais outro ser, igual a dois seres, que somados ao amor transformam-se em um, qual seria a lógica ou razão final encontrada? Para os doutores em equações nenhuma, pois como uma soma pode ter resultado menor?

Será ele cabível de ser explanado em uma equação física? O amor é o que liga duas pessoas, faz-se sem problemas e demais razões, ou complicações, desafinando mais uma vez qualquer lógica estudada, como pode ser possível diante das leis físicas dois corpos caberem em um mesmo espaço.

Cientificamente o coração é um órgão muscular, que bombeia sangue para todo o corpo, mas como explicar os ataques cardíacos momentâneos no instante do primeiro beijo? Vez que saliva não é nenhuma droga estimulante cientificamente comprovada, o que então o motiva a bater tão sem compasso? Mesmo diante de tantos estudos, ainda não se sabe.

Amor!

Nada fácil, nada tranqüilo, dificilmente chega sem fazer bagunça, barulho, confusão.

Sem formula ou roteiro para o seu inicio, provem de um olhar no meio do nada, em lugares ainda mais inesperados, procura-se por uma vida inteira sem mapa que facilite seu encontro, hoje em dia na era tecnológica pode acontecer com um click, tantas redes sociais interligam pessoas de todo o mundo, e assim o ser amado encontrado pode falar alemão, japonês, javanês, mas o que importa na verdade é traduzir essa linguagem meio que desconhecida que muitos atribuem aos anjos… O amor é diante de tantas incertezas, humanamente e espiritualmente divino.

Deus nos deu o amor, como único remédio capaz de curar todos os males, é claro que se sentido com fé e verdade. Ele cura, transforma, modifica, perdoa, faz sorrir, crescer, faz com que dois corações acalentem um terceiro, e de todas essas coisas eu lhes asseguro: o amor nos cura de toda essa loucura, maldade e arrogância na qual vive o mundo.

O amor cura.

Há pessoas incapazes de crer em milagres, pobres cegos que não percebem a manifestação do maior deles: o amor o qual de varias formas acontece todos os dias.

D.S.L

 

 

 

 

Anúncios

Autor: ela...

Elaine. Ela. Helena. 17. Setembro. Há alguns anos atrás. Ascendente em peixes. Brasil. Santista de nascimento. Baiana de descendência. Mineira de coração e endereço. Muitas e de muitos tamanhos. Letras, palavras, frases. Nossa Senhora Aparecida. Família. Música. Sol. Brisa. Luar. Prefiro mar. Branco. Tenho uma irmã mais nova. Minha maior paixão tem mais de 100 anos. Abraço. Meu pensamento é hiperativo. Tenho os melhores amigos. Cometo ao menos um erro todos os dias. Converso com Deus. Já mudei de emprego três vezes, já mudei de vida outras varias. Por do sol. Não faço nada sem dois ingredientes: paixão e entusiasmo. Primavera. Beijo. Horizonte. Esperança. Cinema, quadros, composições. Já machuquei quem não merecia. Olhar. Exagerada e sensível. Carente. Bagunceira. Transparente. Meu primeiro livro publicado e grande orgulho: Quando Florescem as Orquídeas. Tenho um blog e uma coluna semanal em um jornal do interior. No mais sou abençoada. Sei dizer apenas que tudo passa!E que eu sou bem feliz! D.S.L

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s