Angulos obtusos – Licença poética de Sâmiah Andrade

Eu sou aquela,ou esta e quem sabe um tanto quanto eu mesma.
Ímpar! Isso sim é igual a todos…
Quase sempre tarjada, mas nem sempre compreendida. Porque na verdade tento fazer isso por mim mesma. Obrigada!
A verdade é que o ângulo obtuso em que me olha parece uma “FIGURA” geometricamente inusitada e paradoxal, contudo guardo lá dentro… É! Lá dentro onde somente os suscetíveis à percepção ou aptos cognitivos são capazes de investigar e quem sabe desfrutar aos mais pontiagudos e elouquentes sentimentos… Singular ora plural…
Tenho instrumentalmente braços que abraçam sonhos do mundo, mãos que fazem carinho, não obstante dão adeus à pessoas ,momentos e coisas que lamentavelmente são pequeninos…mesquinhos…superficiais ao que transcende ao meu sorriso e riso que muitas das vezes…faz sorrir!
Tropeço em erros que me perguntam: Mas novamente??!!! _ Sim..e daí??!!Não perceberam que sem vocês eu não me permito??!!
Um acréscimo de estima por Sâmiah acontece quando por meus acertos …vejo-me…
Intensa…defeito?qualidade?tangencialmente a cada pensamento isso  mostra  uma maneira de acordar todo dia e… CARPE DIEM! 
Adeptos de um coração atrás de um nariz de palhaço…

SE PERGUNTAREM POR MIM …DIGA QUE FUI POR AI…
COM LARGO SORRISO NO ROSTO E UM MOTIVO A MAIS PRA SER FELIZ!!!

Anúncios

Autor: ela...

Elaine. Ela. Helena. 17. Setembro. Há alguns anos atrás. Ascendente em peixes. Brasil. Santista de nascimento. Baiana de descendência. Mineira de coração e endereço. Muitas e de muitos tamanhos. Letras, palavras, frases. Nossa Senhora Aparecida. Família. Música. Sol. Brisa. Luar. Prefiro mar. Branco. Tenho uma irmã mais nova. Minha maior paixão tem mais de 100 anos. Abraço. Meu pensamento é hiperativo. Tenho os melhores amigos. Cometo ao menos um erro todos os dias. Converso com Deus. Já mudei de emprego três vezes, já mudei de vida outras varias. Por do sol. Não faço nada sem dois ingredientes: paixão e entusiasmo. Primavera. Beijo. Horizonte. Esperança. Cinema, quadros, composições. Já machuquei quem não merecia. Olhar. Exagerada e sensível. Carente. Bagunceira. Transparente. Meu primeiro livro publicado e grande orgulho: Quando Florescem as Orquídeas. Tenho um blog e uma coluna semanal em um jornal do interior. No mais sou abençoada. Sei dizer apenas que tudo passa!E que eu sou bem feliz! D.S.L

Uma consideração sobre “Angulos obtusos – Licença poética de Sâmiah Andrade”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s