Sobre o tempo, borboletas, e felicidade!

Décimo mês do ano de dois e mil e nove.

Outubro!

Ainda tenho a sensação não distante da contemplação do céu repleto de fogos, anunciando cheio de cor e estrondo a chegada deste ano que se encontra próximo do fim.

Apenas noventa dias nos separam do anuncio de uma nova era, novamente! Aniversariando este século uma década, assusto-me com a rapidez do tempo!

Cerro os olhos e vários flashs me vêem a cabeça, tantas foram as coisas que aconteceram, mudanças grandiosas, oportunidades agarradas com mãos ainda tremulas diante daquilo que parece surgir feito um milagre, pessoas chegando, outras indo embora, ora por vontade própria, ora a mando da vida.

Sensações inesperadas, limitações superadas, decisões, indagações, incertezas, encantamentos, esperanças!

Este com certeza foi o ano em que tudo mais que havia se tornado obsoleto em minha historia, atravancando muitas vezes o meu caminho, fazendo-me caminhar lentamente para acompanhar algo que não mais me servia, mas que permanecia ali por costume, por medo, pois tamanha insignificância muitas vezes passava desapercebida sua existência.

Meus olhos se dilataram a ponto de perceber um cisco que fosse que poderia ferir ou enganar minha visão, bastando um vento novo, proveniente dos céus, para que todos os ciscos fossem retirados, fazendo assim com que eu pudesse enxergar o caminho que meus pés devem cruzar, mesmo sem saber aonde esta nova jornada me levara.

Ainda a muito o que acontecer! O que mudar, o que construir, o que deixar ir embora, aprender!Ou seja, ainda a tempo de muitas coisas chegarem, pois as que tinham que partir já caminham tão longe que vagamente recordo-me delas terem feito parte de minha vida! Não por ingratidão, mas me é notória a constatação do enorme caos que elas poderiam causar caso permanecessem nessas minhas linhas traçadas tão verdadeiramente, sem restrições, esperando sempre o melhor dos acontecimentos, das pessoas, etc.

No mais é esperar, com esperança, fé e coragem, tudo aquilo que ainda esta por vir, todas as novas façanhas que a vida mostrara. Os fogos cheios de cores e estrondo, que logo anunciarão a chegada deste novo livro com paginas em branco, pronto para ser pintado, escrito e cantado por momentos adornados de amor e felicidade.

Essa vida sempre tão intensa, insana, montanha russa, que ora nos faz enlouquecer, ora racionalizar, porem sempre viver, permitindo que corações como o meu pleiteiem junto a razão os sonhos mais loucos, nas horas mais tortas, buscando para eternidade uma estrada brilhante, bailando junto a borboletas, raios de sol, grama verde e céu azul.

Neste tempo, no momento presente, mesmo aqui nessa esfera, que espera que tu se mostre iluminando desde o nosso primeiro passo a certeza de que veio sabendo o

“porque”, “pra que” e sem fim, apenas de repente cansado de correr, para tão somente, infinitamente repousar dentro de mim, do amor guardado pela vida para ti, esperando apenas nós para ser feliz!

D.S.L

 

P.S.: Agora só falta você(o amor) de todas as outras sensações e emoções vividas neste ano!

Anúncios

Autor: ela...

Elaine. Ela. Helena. 17. Setembro. Há alguns anos atrás. Ascendente em peixes. Brasil. Santista de nascimento. Baiana de descendência. Mineira de coração e endereço. Muitas e de muitos tamanhos. Letras, palavras, frases. Nossa Senhora Aparecida. Família. Música. Sol. Brisa. Luar. Prefiro mar. Branco. Tenho uma irmã mais nova. Minha maior paixão tem mais de 100 anos. Abraço. Meu pensamento é hiperativo. Tenho os melhores amigos. Cometo ao menos um erro todos os dias. Converso com Deus. Já mudei de emprego três vezes, já mudei de vida outras varias. Por do sol. Não faço nada sem dois ingredientes: paixão e entusiasmo. Primavera. Beijo. Horizonte. Esperança. Cinema, quadros, composições. Já machuquei quem não merecia. Olhar. Exagerada e sensível. Carente. Bagunceira. Transparente. Meu primeiro livro publicado e grande orgulho: Quando Florescem as Orquídeas. Tenho um blog e uma coluna semanal em um jornal do interior. No mais sou abençoada. Sei dizer apenas que tudo passa!E que eu sou bem feliz! D.S.L

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s