Dos dias a teu lado…

“O sol se pos lentamente…

Atiçando o céu com sombras em laranja e vermelho

Há distancia negras nuvens surgiam no horizonte levando o vento de verão

Logo o dia daria lugar a noite e com ela o silencio que se apodera de tudo.”*

O mesmo silencio que ouço nestas manhas onde mesmo que o sol não se estenda no céu, meus olhos acordam cegos com a luz dos teus.

Cheiro, gosto, formas…

Tocar em ti é como ter tinta nos dedos e o poder de pintar o mais lindo dia, todos os dias, todo tempo.

Não a mais silencio em mim, tudo grita, tudo se move…

Tudo quer você… Eu, o dia, a chuva, a lua, o vento, tudo te busca e só meu coração te encontra desacelerado, tranqüilo, refeito; Tuas mãos de anjo o puderam tocar.

Os quadros em branco nas paredes da minha alma voltaram a colorir-se

Obra tua, do destino, do momento, obra tua, divina….

Deixe-me em ti por toda a vida que seja.

Deixe-me em teus sonhos durante a noite, em tua vida ao raiar do dia.

Deixe-me refletir nos teus olhos, nestes dois pontos de por do sol.

Deixe-me sem sentido, perdida, quase que incrédula desta realidade tão abençoada.

Que se abram todas as portas.

Que se façam desfeitos esses labirintos todos sem sentido que outras mãos construíram a fim de destruir todo o amor que um dia as ofereci.

De uma vez por todas, que me voltem os sonhos puros, dos quais eu tivera medo.

Que a paixão afinal deixe de existir, que eu chore diante de mim, pois enfim amo outra vez.

D.S.L

*Trecho do filme De encontro com o amor

Anúncios

Autor: ela...

Elaine. Ela. Helena. 17. Setembro. Há alguns anos atrás. Ascendente em peixes. Brasil. Santista de nascimento. Baiana de descendência. Mineira de coração e endereço. Muitas e de muitos tamanhos. Letras, palavras, frases. Nossa Senhora Aparecida. Família. Música. Sol. Brisa. Luar. Prefiro mar. Branco. Tenho uma irmã mais nova. Minha maior paixão tem mais de 100 anos. Abraço. Meu pensamento é hiperativo. Tenho os melhores amigos. Cometo ao menos um erro todos os dias. Converso com Deus. Já mudei de emprego três vezes, já mudei de vida outras varias. Por do sol. Não faço nada sem dois ingredientes: paixão e entusiasmo. Primavera. Beijo. Horizonte. Esperança. Cinema, quadros, composições. Já machuquei quem não merecia. Olhar. Exagerada e sensível. Carente. Bagunceira. Transparente. Meu primeiro livro publicado e grande orgulho: Quando Florescem as Orquídeas. Tenho um blog e uma coluna semanal em um jornal do interior. No mais sou abençoada. Sei dizer apenas que tudo passa!E que eu sou bem feliz! D.S.L

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s