Dois

   São seis e vinte e cinco da manha de uma sexta feira gélida, o sol já começa a preencher o céu com uma cor meio que alaranjada, a lua ainda esta lá, como se dissesse ao sol: espera ai,que meu brilho ainda não foi embora.
   Eu não consigo parar de tremer a perna, quase derrubo o teclado neste momento, abri sua foto aqui no computador e fique olhando como seu sorriso é bonito, e como seus olhos são profundos, e lembrei de como gosto de fungar no seu cabelo, e de como seu abraço me faz bem.
   Eu queria ter filmado a minha cara na hora que você me pegou desprevenida na porta do banco, eu não sei o que você quer de mim, mas já descobri o que quero de você!
   Parece loucura, mas já sinto como se a vida ficasse melhor quando você esta perto, tudo fica mais feliz com a sua gargalhada, jogando a cabeça pra trás como se sacudisse o cérebro pra acreditar em tudo que te digo.
   Eu não entendi porque você não me beijou ontem, eu sei que eu estava num momento difícil, mas seu beijo seria tão bom naquele momento.
   Achei uma graça você me ligar, depois de poucos segundos que a gente tinha acabado de se falar, só porque estava preocupado comigo, mais bonitinho ainda foi você ter desmarcado aquele encontro, com sua amiga que você esta morrendo de saudade, só pra estar do meu lado nesse meu momento.
   Eu não sei o que você quer comigo, mas eu quero te convidar, pra cada vez mais fazer da minha vida, e fazer parte de mim, e viver feliz do meu lado, se é que eu saberei como te fazer feliz, e viver esse grande amor que eu espero viver. Mas é você que tem medo! E eu não vou te propor isso, não agora, pois você ainda precisa decidir, se prefere ter medo, ou se prefere a mim. Eu sei, um convite como este não é feito todo dia, mas o que eu faço agora, se desde a primeira vez que eu te vi eu te quis, e cada vez que te vejo mais, te quero mais, tenho medo de te querer tanto e daí não poder mais te ver, ao menos enquanto dure esse seu medo, eu sei, um convite destes assusta mais do que se eu te convidasse pra fazer sexo a três em publico.
   Eu sei de tudo o que eu não deveria fazer, mas quando vejo, é mais forte do que eu, o que estou sentindo é mais forte do que toda essa sua defesa, você ainda não percebeu, mas eu não consigo olhar muito tempo pra você, não porque eu não queira, eu simplesmente não posso mostrar assim a cara que faço quando fico te olhando, sei disso porque agora diante da tua foto, eu to fazendo essa cara, e essa cara assusta tanto quanto o convite pra viver um grande amor que eu quero te fazer .  Mas eu quero ficar te olhando tanto, e quero te beijar mais ainda, e quero fazer amor com você, olhar nos teus olhos, você nem sabe das minhas ex historias amorosas, tudo bem, foram apenas duas as pessoas que amei, e eu sei bem de que jeito o amor volta a bater na minha porta,sei bem que ele ta pedindo pra entrar novamente, e por mais que isso me faça temer tambem, por mais que eu queira que ele entre, eu preciso saber se você também quer, preciso saber se tenho chances de entrar, porque como diz o poeta: “amar de verdade, só se for a dois, só a dois!”
D.S.L

Anúncios

Autor: ela...

Elaine. Ela. Helena. 17. Setembro. Há alguns anos atrás. Ascendente em peixes. Brasil. Santista de nascimento. Baiana de descendência. Mineira de coração e endereço. Muitas e de muitos tamanhos. Letras, palavras, frases. Nossa Senhora Aparecida. Família. Música. Sol. Brisa. Luar. Prefiro mar. Branco. Tenho uma irmã mais nova. Minha maior paixão tem mais de 100 anos. Abraço. Meu pensamento é hiperativo. Tenho os melhores amigos. Cometo ao menos um erro todos os dias. Converso com Deus. Já mudei de emprego três vezes, já mudei de vida outras varias. Por do sol. Não faço nada sem dois ingredientes: paixão e entusiasmo. Primavera. Beijo. Horizonte. Esperança. Cinema, quadros, composições. Já machuquei quem não merecia. Olhar. Exagerada e sensível. Carente. Bagunceira. Transparente. Meu primeiro livro publicado e grande orgulho: Quando Florescem as Orquídeas. Tenho um blog e uma coluna semanal em um jornal do interior. No mais sou abençoada. Sei dizer apenas que tudo passa!E que eu sou bem feliz! D.S.L

Uma consideração sobre “Dois”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s