Intriga e entrega

Criou-se a carcaça larga e corpulenta, o rosto aprendeu a ser meio serio e um tanto tímido desde muito cedo, logo caminhava firmemente como se soubesse para onde ir, sem muitas palavras para lamento absoluto dos que precisam ouvir a todo instante alguma coisa, lhe coube o silencio como matriz de todos os pensamentos que não se fundam ao vento, permanecendo de alguma forma fragmentado no tempo, fora preciso rabiscar, reescrever, rasgar a pagina, começar de novo, mas o silencio é seu norte, um flerte bailarino e sedutor com a eternidade que  intriga e entrega.

O que restara?

Desde muito cedo treinava no espelho o tempo correto de cada palavra, o olhar conversava com a mente, que alcançava a alma e bendizia o espírito, fez-se forte para não ser machucada e mesmo assim sofreu, fez-se rocha para não ser destruída e ainda sim precisou tantas e tantas vezes renascer, tornou-se pássaro enfrentando tempestades, voando na chuva, no sol, no breu da madrugada, mas teve o vento, e a graça das nuvens, e inegavelmente alcançava o céu e tudo mais ficara pequeno sobre seus pés, alcançara os céus e o Dono dele, pode ver a Deus.

Sem duvida alguma era um encontro marcado, em um primeiro instante tremia ininterruptamente como um recém nascido que acabara de deixar o ventre, prostrou-se perante tanta grandeza e magnitude, quis aproximar, quis beijar-lhe os pés, abraçá-lo para ter em seu colo o silencio mais procurado: o de paz, enquanto sonhava Ele lhe estendeu as mãos e com os olhos misericordiosos fez realidade tudo o que passou por seus pensamentos, fez real o choro, o abraço e a paz.

Mesmo em silencio a todos fazendo enganar feita de postura forte, e palavras profundas capazes de cegar tamanha a certeza, o tremor do ventre acomete seus sentidos, o suor do corpo lhe entrega o medo que sente diante de tudo, ao que não sabe dizer apenas sentir, ao que não tem como explicar, mas que é tão claro a seus olhos, aos joelhos que se dobram e as mãos que buscam a segurança de uma alma que transparece repleta de uma doçura celestial, fez dos olhos o esconderijo de todo o seu brilho.

Tomou para si a missão de espalhar o fruto que lhe fora dado como semente, passou a plantar amor, a falar dele como quem canta vitoria soberba sobre uma grande fortuna, seu maior tesouro é um emaranhado de papeis que se confundem aos dias de sua vida.

O coração às vezes parece bater tão profundamente que lhe perfura o peito.

Cruel desejo este de buscar o infinito e de crer acima de suas forças humanas o que a todos parece sonho, e que por tantas vezes embaraçam suas vistas, molhando o rosto em pranto com uma felicidade perfeita diante de uma beleza absolutamente absurda e inimaginável que pertence a seus olhos e a esse colo que eternamente lhe cobrira de paz e proteção.

Fundou na vida, como pedra inabalável a fé, a esperança e o amor genuíno que Deus lhe deu como missão.

Falara de amor até o dia em que se fará novamente pássaro, flor, céu, mar, restando humanamente apenas palavras.

D.S.L

Anúncios

Autor: ela...

Elaine. Ela. Helena. 17. Setembro. Há alguns anos atrás. Ascendente em peixes. Brasil. Santista de nascimento. Baiana de descendência. Mineira de coração e endereço. Muitas e de muitos tamanhos. Letras, palavras, frases. Nossa Senhora Aparecida. Família. Música. Sol. Brisa. Luar. Prefiro mar. Branco. Tenho uma irmã mais nova. Minha maior paixão tem mais de 100 anos. Abraço. Meu pensamento é hiperativo. Tenho os melhores amigos. Cometo ao menos um erro todos os dias. Converso com Deus. Já mudei de emprego três vezes, já mudei de vida outras varias. Por do sol. Não faço nada sem dois ingredientes: paixão e entusiasmo. Primavera. Beijo. Horizonte. Esperança. Cinema, quadros, composições. Já machuquei quem não merecia. Olhar. Exagerada e sensível. Carente. Bagunceira. Transparente. Meu primeiro livro publicado e grande orgulho: Quando Florescem as Orquídeas. Tenho um blog e uma coluna semanal em um jornal do interior. No mais sou abençoada. Sei dizer apenas que tudo passa!E que eu sou bem feliz! D.S.L

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s