Aγάπη

Senhoras, senhores, amigos, leitores, mundo, vida, Deus, anjos, Nossa Senhora Aparecida…

Ele existe e eu o encontrei, ele existi!

A vida enfim gratificou-me por todas as lutas, por todas as horas de inquietude e sofrimento, pelos momentos onde olhei para o céu esperando que talvez ele descesse de alguma nuvem, do sol, da lua, num rabo de foguete, ou preso em alguma estrela cadente.

Ele existe!

Hoje meus joelhos e minhas orações antes suplicantes para que ele chegasse, ajoelham-se em suplica para que ele resista a todos os obstáculos, as distancias, as lacunas que a vida criara, aos testes impostos pelo destino para que “ele” os vença provando assim que a tudo de fato suporta, espera, transforma; e que veio pra ficar.

Ele existe!

Hoje o vejo! Tem rosto, cheiro, gosto, sentido, direção.

Hoje o tenho em minhas mãos, em meu corpo.

Deita comigo todas as noites em minha cama, fazendo minhas mãos se juntarem em reza forte para que a saudade me deixe adormecer para com ele sonhar, inebria minhas madrugadas com cheiro doce de rosas enluaradas pelo orvalho, o mesmo cheiro que encontro nos teus abraços, no teu colo onde pretendo um dia morrer adormecida, para que então ele novamente viva em uma outra dimensão.

Traz a mim o brilho das estrelas que parecem bailar sobre minha cabeça antes de deixarem o céu, ao amanhecer o tenho em cada raio de sol, em cada folha que o vento sem lamento derruba das arvores, quanto entardeço não mais amedronta-me as horas sempre perigosas do por do sol, pois hei de te encontrar e em ti não mais sentir nada alem dele.

Senhoras, senhores, amigos, leitores…

Ele existe!

Sempre teve morada em mim, naquilo que sou, em cada sonho, a cada passo, todos os momentos, a cada respiração, a cada ilusão, em tudo em minha vida.

Ele existi!

Não mais em sonhos, não mais em preces, não mais em esperas, decepções, ilusões, sofrimento.

Ele existi!

Veio trazer-me paz, encher-me dele ainda mais, fazendo-me transbordar como uma flor cheia de néctar, pronta para ser bebida por sua abelha rainha.

Ele existi!

Senhoras, senhores, amigos, leitores… Digo-lhes valeu a pena esperar, valeu a pena, por ele viver, em cada instante mesmo distante esperar, valeu a pena o pranto, a vida, pois hoje como balsamo sobre todas as feridas eis que o vejo, eis que o tenho, eis que o percebo em cada parte do mundo, em cada pedaço de terra, em cada palavra por mim desenhada em folhas que agora se colorem por ele!

Sim! Senhores, ele existi! Não mais me faz chorar por dor e sim por felicidade!

Senhoras, senhores, amigos, leitores, mundo, vida, Deus, anjos, Nossa Senhora Aparecida…

Eu o sinto de forma antes não sabida, entontecida, tremula, suada, quente.

Acabam-se todas as outras historias vividas e terminadas.

Abrem-se a minha frente todas portas, janelas, palavras, pois eis que ele esta comigo, em meu peito tatuando meu coração com o teu nome, com a tua vida, com o teu amor que a mim pertence, com teus olhos que agora são meus.

O universo hoje se resume em Deus, em mim e em ti para todo o sempre enfim.

Ele existi e atende pelo nome de Ágape!

D.S.L

Ps.: Amo você e tu me amas enfim!

Anúncios

Autor: ela...

Elaine. Ela. Helena. 17. Setembro. Há alguns anos atrás. Ascendente em peixes. Brasil. Santista de nascimento. Baiana de descendência. Mineira de coração e endereço. Muitas e de muitos tamanhos. Letras, palavras, frases. Nossa Senhora Aparecida. Família. Música. Sol. Brisa. Luar. Prefiro mar. Branco. Tenho uma irmã mais nova. Minha maior paixão tem mais de 100 anos. Abraço. Meu pensamento é hiperativo. Tenho os melhores amigos. Cometo ao menos um erro todos os dias. Converso com Deus. Já mudei de emprego três vezes, já mudei de vida outras varias. Por do sol. Não faço nada sem dois ingredientes: paixão e entusiasmo. Primavera. Beijo. Horizonte. Esperança. Cinema, quadros, composições. Já machuquei quem não merecia. Olhar. Exagerada e sensível. Carente. Bagunceira. Transparente. Meu primeiro livro publicado e grande orgulho: Quando Florescem as Orquídeas. Tenho um blog e uma coluna semanal em um jornal do interior. No mais sou abençoada. Sei dizer apenas que tudo passa!E que eu sou bem feliz! D.S.L

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s